Motorista de DJ Ivis diz que cantor já cogitava ser preso devido à pressão da mídia: 'ele estava triste'

O produtor musical que está sendo investigado por agredir fisicamente a ex-esposa, Pamella Holanda, foi detido nesta quarta-feira (14)

imagem de reprodução

 imagem de reprodução

O motorista de DJ Ivis, Charles Barbosa de Oliveira, esteve na Delegacia de Eusébio, na Região Metropolitana de Fortaleza, para onde o produtor musical foi levado ao ser preso, na noite desta quarta-feira (14). Na ocasião, o funcionário afirmou que o artista já cogitava a captura devido à "pressão da mídia" e que o cantor, investigado por agredir fisicamente a ex-esposa, Pamella Holanda, "estava triste" com a situação.

'Ele tava triste, mas com a ciência de que ele é um cara muito talentoso, um ponto fora da curva, tanto é que ele emplacou vários sucessos número um em todo lugar. Não estava com medo de ser preso, até porque como a mídia tá muito em cima, essa prisão aconteceu mais por causa da pressão. Também foi por causa das agressões físicas, mas a pressão foi maior da mídia em cima disso", declarou Chales Barbosa. 

Conforme reportagem do Diariodonordeste, ele, que prestou depoimento na terça-feira (13), relatou que estava dormindo no estúdio no dia da briga entre DJ Ivis e Pamella Holanda. Na ocasião, o motorista aparece nas imagens das câmeras de videomonitoramento.

"Eu simplesmente acordei com o barulho. Quando cheguei e vi, não acreditei no que estava acontecendo. Nunca participei de uma situação dessa", relatou, considerando que o fato "foi um momento de loucura" por parte do produtor musical. 

 

 

 

Fonte:Diariodonordeste

Mais de Polícia