Lula e Bolsonaro descartam terceira via para eleições de 2022

As opiniões de Lula e de Bolsonaro contra a terceira via fizeram com que os governadores, que são pré-candidatos à Presidência da República, fossem ao Twitter criticá-los

imagem de reprodução

 imagem de reprodução

Devido a polarização nas pesquisas de opinião, que colocam o presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como favoritos na corrida sucessória de 2022, os atuais lideres nas pesquisas começam a desdenhar do surgimento de uma improvavel terceira via que possa fazer frente aos mesmos nas eleições do ano que vem.

“Não existe terceira via, não vai dar certo, não vai atrair a simpatia da população”, disse Bolsonaro, na manhã de ontem, em entrevista à Rádio Itatiaia. Segundo o presidente, a disputa será entre ele e Lula.

Já o petista, em conversa com rádio Jovem Pan de Sergipe, explicou que “a terceira via é uma invenção dos partidos que não têm candidato. Falam em polarização... o que tem de um lado é democracia e do outro é fascismo. Quem está sem chance usa de desculpa a tal da terceira via. Seria importante que todos os partidos lançassem candidato e testassem sua força”, desafiou.

De acordo com matéria do Correiobraziliense, as opiniões de Lula e de Bolsonaro contra a terceira via fizeram com que os governadores de São Paulo, João Doria, e do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite — que são pré-candidatos à Presidência da República pelo PSDB —, fossem ao Twitter criticá-los. “Ninguém chuta cachorro morto. Se não existe terceira via, não sei porque Lula e Bolsonaro estão se preocupando. Depois do tanto que já nos foi roubado, querem agora roubar a nossa esperança”, reclamou Leite.

“O sonho do Lula é disputar eleição apenas com o Bolsonaro. O sonho do Bolsonaro é disputar eleição apenas com o Lula. E o sonho dos brasileiros é que os dois percam a eleição. Não adianta serem contra, a melhor via devolverá a esperança aos brasileiros”, reforçou Doria.

O senador Alessandro Vieira (Cidadania-ES) também criticou Bolsonaro e Lula. “Os ataques à terceira via só reforçam a necessidade de construir uma. Mas ela deve partir não de projetos personalistas, mas sim da identificação de pautas que não são representadas por nenhum dos dois. O Brasil precisa urgentemente de um projeto de país”, reforçou.

Já o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, que busca a filiação do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), para ser o candidato do partido à Presidência, disse que os partidos que buscam uma terceira via não devem desanimar com os comentários de Lula e Bolsonaro. “Independentemente da quantidade de candidaturas, não vamos olhar para o lado, e sim para a frente. Conversando com o eleitor, levando nossas propostas e mostrando que temos um time que representa a renovação”, observou.

 

Fonte:Correiobraziliense

 

 

 

 

Mais de Política