Acidente com ônibus que levala candidatos para o concurso da Funsaúde deixa quatro mortos e 34 feridos

imagem de reprodução

 imagem de reprodução

Pelo menos quatro pessoas morreram e 38 ficaram feridas após o tombamento de um ônibus no KM 301 da BR-222, em Tianguá, na Serra da Ibiapaba, na madrugada desta sexta-feira (22). O veículo já havia sido autuado no último mês de setembro, em Sobral, no Norte do Ceará, por "trafegar em mau estado de conservação" e precisou ser escoltado para conserto. As informações são da Polícia Rodoviária Federal (PRF). 

Informações iniciais apontaram 38 vítimas, sendo quatro mortos e 34 feridos. No início desta tarde, as prefeituras dos municípios informaram ao Diário do Nordeste que o número total subiu para 42, incluindo os quatro óbitos. 

Segundo informações do órgão, as vítimas saíram do Maranhão com destino a Fortaleza, onde fariam o concurso público da Fundação Regional de Saúde (Funsaúde) neste fim de semana.

Ao todo, 34 pacientes foram atendidos no próprio município, e outros quatro foram levados para Sobral. 

Duas delas tiveram o óbito confirmado ainda no local e outras duas chegaram a ser encaminhadas a uma unidade de saúde, mas também não resistiram aos ferimentos.

Relatórios preliminares da PRF indicaram que o motorista do ônibus teria fugido do local. No entanto, o órgão enviou novo comunicado para corrigir a informação. 

"Ele pode estar entre as vítimas que foram socorridas e levadas ao hospital, não tendo fugido, mas retirado-se do local sem o conhecimento da PRF", disse em nota. 

NÚMERO DE VÍTIMAS SOBE PARA 42

Os primeiros atendimentos  às vítimas foram feitos por profissionais de saúde que estavam em outro ônibus e passavam pelo trecho do acidente. 

Segundo a Prefeitura, 20 passageiros deram entrada no Hospital e Maternidade Madalena Nunes, em Tianguá. Outros 14 são atendidos na Unidade de Pronto Atendimento (Upa) do município. Ainda não há informações sobre o estado de saúde do grupo e identificação. 

Quatro vítimas foram enviadas para a Santa Casa de Misericórdia, em Sobral. Segundo a instituição, não há risco de óbitos nos casos atendidos. Dois pacientes sofreram fraturas e o resto aguarda para realizar exames de imagens. 

A PRF alertou em nota que o acidente provocou o bloqueio total da pista e o fluxo de veículos está sendo por equipes do órgão.  

 

Fonte:Diario do Nordeste

Mais de Geral